domingo, 24 de julho de 2016

RetroPie Arcade Stick... dos pobres!

Tudo foi feito com material que tinha em casa encostado e sem uso. Um Arcade Stick com um Raspberry lá dentro com o sistema RetroPie instalado para emulação de jogos principalmente de 8 e 16 bits! 


O Arcade Stick é um Mayflash praticamente virgem, tal foi às vezes que o utilizei. Depois como maquina aproveitei um Raspberry Model A que tinha também encostado. Este Raspberry é um dos primeiros modelos ainda e só com 256MB de Ram mas que é suficiente para o projeto. Ainda dentro da caixa... ou melhor dentro do stick ficou um HUB USB 2.0 com alimentação para alimentar não só o próprio Raspberry, mas também para ter portas suficientes para adicionar pens Bluetooth e Wifi.


Tudo coube perfeitamente dentro do stick, não ficou com grande arrumação pois tudo ficou preso pelo espaço existente. No Raspberry é que optei por prender o cartão SD com fita-cola de modo a este não saltar futuramente.


Isto foi tão fácil de fazer que apenas tive que alargar um furo para poder passar os cabos necessários para a ligação do stick a um TV/LCD. Como demonstra nas imagens arranjei uns cabos bem pequenos para a saída RCA e HDMI. Ambas podem ser utilizadas... a RCA para os velhos CRT, e o HDMI para os mais modernos LCDs. Esta saída HDMI limitei-a por configuração na RetroPie para uma ligação de 720p.


Ainda deixei um cabo USB de "fora" para poder não só ligar um teclado, um armazenamento externo ou um segundo comando. O segundo comando também pode ser conectado por bluetooth pois deixei uma pen dentro para esse efeito. A pen Wifi é para acesso à Web para atualizações e para poder aceder à partilha samba das roms e configurações.

Em termos de software, é o RetroPie com EmulationStation e o RetroArch. Este RPi Model A de 256Mb de Ram aguenta-se bastante bem com emuladores até a geração das SNES e MegaDrive. Jogos de PC como o Doom, o Quake ou o Open Tyrian também foram instalados. Assim como o Kodi. Para tudo isto foi configurado o Raspberry em modo Turbo e com o split de memoria para 112/144.
Em relação aos jogos de Arcade é que optei por não utilizar o RetroArch, mas sim os emuladores próprios para o Pi como o PiFBA e o Mame4All-Pi que efetivamente têm um desempenho superior em relação aos cores do RetroArch neste "limitado" Raspberry.

O único cabo completo que sai da caixa é o do transformador que alimenta a HUB USB. Neste cabo coloquei uma ficha de cadeeiro de apagar e ligar. Esta é certamente um invenção não recomendada porque isto provoca um corte súbito na alimentação do Raspberry que pode levar a corrupção no cartão. No entanto não oferece grandes preocupações pois sabemos que o próprio Raspberry não tem botão de ligar ou desligar e o próprio sistema do Raspbian esta preparado para corrigir alguns desses erros.

Material Utilizado:
  • 1 Arcade Stick Mayflash
  • 1 Raspberry Model A 256Mb Ram
  • 1 Hub USB 2.0 com Transformador
  • 1 Cartão SD de 16GB
  • 1 pen Bluetooth
  • 1 pen Wifi
  • 1 Ficha On/Off de Cadeeiro
  • 1 Mini-RCA Macho/Fêmea
  • 1 Mini-HDMI Macho/Fêmea  
  • 1 Mini Cabo USB Macho/Fêmea
  • 1 Cabo Micro-USB
  • Fita-Cola
Não só pela descrição mas também pela experiencia, tudo foi bastante fácil de fazer.

Links: RetroPie, EmulationStation, RetroArch

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...